Artigo exclusivo escrito por:

Dr. Luiz Tonon

CRM/SP: 163.293

ESTÉTICA MÉDICA: FIOS DE TRAÇÃO & BIOESTIMULAÇÃO X REALIDADE BRASILEIRA

Na nossa última matéria falamos sobre a “Thread Era” que vivenciamos, o crescente aparecimento de FIOS DE BIOESTÍMULO E TRAÇÃO no mercado Brasileiro. No último mês de janeiro, tive a honra de participar de um evento em Paris e me espantou a quantidade de palestras e blocos sobre Fios de Sustentação e Bio-Estruturação, além disto, me preocupou o grande portfólio e apresentações de fios que o Europeu possui comparado com os Fios presentes no comércio médico Brasileiro.

Envelhecer é um fenômeno natural, no entanto, todos querem evitar rugas ou ter o rosto flácido ou ptótico. Vários procedimentos e cirurgias foram realizados desde o passado para melhorar esse fenômeno e, à medida que nosso conhecimento sobre o envelhecimento facial avança, os métodos destes têm evoluído muito.

Sabendo que a gordura do rosto não está cedendo por um único motivo, o conceito de cada compartimento de gordura aumentou. Descobriu-se também que não apenas os tecidos moles superficiais, mas também os planos profundos como os ossos e os ligamentos de retenção se alteram de forma associada.

O termo “lifting” é comumente usado em uma variedade de procedimentos e cirurgias, que variam da utilização de toxina botulínica, materiais de preenchimento como: ácido hialurônico, hidroxiapatita de cálcio, policaprolactona, e vários outros tipos, à suspenção com fios de tração ou suspenção facial cirúrgica destes tecidos.

Realmente, me espanta, a falta de interesse de Médicos Brasileiros quando falamos de Fios de Sustentação e Bio-Estruturação.

Falta de interesse essa gerada involuntariamente por um pré-conceito da própria comunidade médica devido a intercorrências e complicações que existiam no passado com o profissional que executava fios. Lembrando, fios estes ultrapassados, sem tecnologia e de difíceis técnicas de implantação.

No último ano, chegaram no Brasil mais de quatorze apresentações de fios de tração e bioestimulação, com promessas de tratamento de áreas faciais e corporais diferentes. Estas, somadas com as apresentações que já possuíamos no Brasil, excluindo fios desatualizados e antigos, totalizam um portfólio de vinte e cinco fios disponíveis no mercado em média.

A introdução de novos procedimentos e tecnologias geralmente ocorre de maneira cautelosa. Quando essas novas técnicas falham em cumprir o que prometem, ou quando surgem melhores tecnologias, logo caem no esquecimento. O uso de fios para as suspensão da face não é uma alternativa nova e vivenciamos sua terceira década de evolução.

As suturas farpadas foram apresentadas como o método para obter a suspensão e o rejuvenescimento facial sem cirurgia, ganhando o interesse de pacientese cirurgiões.

O paciente ideal inicialmente era jovem, aonde não possuíam muitas rugas ou pele muito redundante ou era um paciente submetido a uma ritidoplastia, cujos resultados ainda exigem uma melhora leve a moderada.                 

Hoje, a variedade e aplicabilidade de fios nos abre o leque de indicações, indicando quando também há fotoenvelhecimento significativo ou rugas muito proeminentes, inclusive fios compromessa de volumização com resultado altamente satisfatório.

Ainda não há consenso sobre o número de fios a serem usados ou sobre a melhor forma de posicioná-los.

No entanto, à medida que a compreensão dos vetores a serem aplicados na face se desenvolve, novos padrões e técnicas de introdução de fios estão sendo desenvolvidos para produzir melhores resultados.

Aguardo você, colega médico, para discutirmos e esclarecermos esses detalhes, como também todas as indicações específicas de cada fio, suas técnicas e manejos de complicações (tranquilamente tratadas em comparação a “Liquid Lifting”), no bloco defios durante o AMWC BRAZIL em São Paulo.

Estarei lá, junto aos médicos mais experientes no assunto transmitindo e compartilhando o que há de mais atualizado sobre a nova era terapêutica que está em grande crescente no Brasil, e torcendo para que cada vez mais nosso portfólio de fios cresça, aumentando as indicações e satisfação de resultados.